Cadastro
Receba em seu e-mail onde ocorrerão as melhores baladas.
  
Parceiros

Prefeito participa de cerimônia de abertura do Festival Tanabata


Organização prevê público de 65 mil nos três dias de evento

Uma cerimônia xintoísta com a participação do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira, da primeira-dama Samanta Pineda, a secretária da Cultura, Isabella Pessotti, do presidente da Associação Cultural Japonesa de Ribeirão Preto, Sadao Sakai, do presidente da Associação Nipo-Brasileira de Ribeirão Preto, Hasine Nakamura, e do presidente da Comissão Organizadora do Tanabata, Teruo Abe, marcou a abertura do 23º Festival Tanabata. Os organizadores esperam receber 65 mil pessoas até neste domingo, 16 de julho, quando termina o festival.

 

 

“A equipe organizadora esteve na Prefeitura no primeiro mês de governo com intuito de juntos, resgatar esse importante evento cultural. O Tanabata tem uma lenda que o festival das estrelas acontece em julho e é o único momento em que a princesa encontra o seu amor. Esse ano, felizmente, houve esse encontro e a cidade de Ribeirão Preto também se reencontra com um dos mais importantes festivais da cidade”, declarou o prefeito.

 

 

Após a abertura oficial, o chefe do Executivo foi convidado a participar da cerimônia da quebra do saquê (conhecida como Kagami Biraki) no placo principal. A Kagami Biraki faz parte da cultura japonesa. Conta-se que a primeira vez que esta cerimônia ocorreu foi por volta de 300 anos atrás, quando um senhor feudal japonês juntou toda sua reserva de saquê em um barril e serviu antes de uma grande batalha a todos os seus Samurais. Leais aos seus senhores, os Samurais lutavam até a morte nas batalhas e, naquele momento dos “drinques”, o senhor feudal teria feito um discurso motivador.

 

 

Gratos à gentileza dele, os Samurais, no dia seguinte, foram para a batalha e conquistaram a vitória. Desde então, esta cerimônia foi incorporada à cultura japonesa. É sinônimo de sorte e sucesso, mas também de superação. A cerimônia é realizada na entrada do arco de bambu, local que ficam os príncipes do Tanabata e onde as pessoas penduram os Tanzaku, (bilhetes de papel coloridos que recebem pedidos e são pendurados e depois queimados para levar os desejos aos príncipes). As cores do Tanzaku são brancos (paz); amarelo (dinheiro); verde (esperança); vermelho (paixão); rosa (amor); azul (proteção dos céus).

 

 

Serviço

 

23ª Festival Tanabata

 

Dias: 15 e 16 de julho

 

Local: Morro do São Bento

 

Endereço: Praça Alto do São Bento, S/N

 

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto    Fotos: Rubens Okamoto



Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Enquete
O que você esta achando administração da presidente Dilma Rousseff
Ótimo
Bom
Péssimo
Regular
Horóscopo
Descubra o que os astros reservam para você.
Publicidade
Fale conosco
E-mail: jornal.coruja@hotmail.com
Cel. 12 98271-4123 / 12 98289-6973